domingo, 19 de julho de 2009

-Nunca

é quando você chega em casa, cansado da vida e exausto do trabalho, e tem vontade de que o mundo exploda. Quando você está no banho e só quer que a água escorra por seu corpo. É quando, no caminho para a padaria, você se pega observando uma árvore e pensando algo cujo raciocínio que te levou a ele te é completamente desconhecido. Isso é nunca.

-Eu não gosto do rumo que esta conversa está tomando.

Um comentário:

morganamv disse...

Eu gosto ;]