segunda-feira, 22 de junho de 2009

A vida

Ao Quila, que me mande notícias, e ao Breno, que me incentiva a escrever.


"(...)A força do tempo força todo o povo a ser um só. Poucos são os que permanecem, quer sejam criativos, queridos ou exilados. Ando sentindo falta de minhas roupas e de minha criatividade, também. O meio pode não mudar o homem, mas modifica a vontade. Não sinto tanto, mas ainda sinto qualitativamente o mesmo que sempre. Os ventos sopram forte e bem, mas movem pouco as velas. há presságios de divisores de águas, contanto chova menos que o esperado. Dúvidas se repetem e se amontoam, em união matrimonial a novas. Mande recados em garrafas."

Um comentário:

Y. disse...

sua safada, fica meses sem postar nessa budega -q

humpf