sábado, 14 de março de 2009

Salvador, 14 de Março de 2009.

Aos meus amigos, parentes e a quem mais possa interessar,

A alguns de vocês, prometi escrever periodicamente. A outros, prometi mandar um e-mail há tempos. O fato é que, com tanta coisa acontecendo, ando meio irresponsável no que diz respeito ao trato com aqueles de que gosto. Espero conseguir cumprir todas as promessas com esse e-mail!

Bem, quanto à faculdade: Entre as duas opções que me restaram, eu finalmente fui forçada a escolher uma – os mais próximos sabem que odeio fazer escolhas. Mas bem, de uma forma ou de outra, UFBA, sim senhor! Não podia deixar escapar a chance de estudar na melhor universidade do estado! A FACOM – Faculdade de Comunicação da UFBA – é exatamente - ok, ok, é mais que - o que eu esperava. Definitivamente, eu escolhi a área certa! (Agora só preciso descobrir se escolhi o curso certo, mas isso é assunto pra contato posterior, tipo daqui há uns dois semestres.)

Estou em Salvador há uma semana e meia – juro que parece muito mais tempo. Na primeira semana de aulas – iniciada dia 02, mas que só contou com minha presença no dia 4 – ocorreu a Semana do Calouro, um misto de palestras sobre a faculdade e uma gincana “substitui trote”. Acredite, correr o campus de Ondina duas vezes atrás de pistas de onde poderia estar a Dalila¹ não é legal.

As aulas de verdade começaram na última segunda-feira. Tenho quatro matérias, das quais uma é em conjunto com o pessoal de Jornalismo e uma é optativa, então há pessoas de ambos os cursos e de vários semestres. Esta última foi, aliás, a matéria de que mais gostei até agora. Ah, lembrando que, à exceção das sextas-feiras, minhas aulas começam no surreal horário das sete da manhã. E eu achando que, depois da escola, não havia vida antes das 8!
As pessoas na Faconha – alcunha pejorativa dada, vá lá, com certa veracidade, ao meu já querido instituto – são super bacanas. Talvez, como se espera erroneamente que só simpatizantes de hippies freqüentem o instituo de biologia, eu esperasse encontrar só pessoas super “moderninhas”, do tipo VJs da MTV,na FACOM, mas é fato, absoluto e confirmado, que a diversidade manda naquele lugar. Há desde pessoas com SUPER jeito de nerds, até super descolados com seus óculos escuros vintage, passando pelo pessoal de dreads, pelos indies e pelo grupo de jovens bem-cuidados da Produtora Jr² . Mas, apesar das diferenças, parece que All stars e Havaianas dividem o posto de calçado favorito entre os Faconianos...

Enfim, eu não consigo pensar em mais nada que possa ser relevante, a não ser que eu estou completamente adorando tudo isso e que eu nunca li tanto na minha vida. Mas enfim enfim, vez de vocês mandarem notícias!


Beijo beijo, Any.



--------------------------------------------------------------------------------

[1] No caça ao tesouro em questão, nossa amiga perseguida era um saco de geladinho com farinha (!?)

[2] Empresa Júnior da FACOM. Mais informações: http://www.pjr.ufba.br/historia.html

Um comentário:

Dayane Abreu disse...

Eu já respondi o e-mail! :P