sexta-feira, 18 de julho de 2008

Medo

- Não precisa ter medo do escuro... Eu 'tô aqui.
- Eu não tenho medo do escuro...
- Não? Então porque você está tremendo?
- Eu tenho medo. Mas é de você.



[noites mal dormidas de anos idos]

6 comentários:

superlativa disse...

eu pensei que este post era dedicado a mim... mas mto obrigada, me sinto honrada.
parabéns pra senhoura e
aproveite bastante suas férias!!!

beijos,
Laura

Carol disse...

moça, muito obrigada pelo prêmio! mas...ahm... eu não sou adepta deles. blogueira preguiçosa, sabe como é. rs
mas fico muito feliz, viu?
ah! e também fico feliz por você quase indicar o depósito. haha
beijos!

theo disse...

euri. (:

danny disse...

eurimais.

Obrigada pela indicação do prêmio, você é loca insana.
(:

não tô demonstrando muita empolgação por dois motivos: tô com sono; eu já sabia do prêmio, então não tem aquela surpresa.
Mas obrigada de verdade, pipa! (:

beijo - e eu li aquele seu texto enorme, lê esse pra mim: http://dayaneabreu.blogspot.com/search/label/contos

Bruno disse...

Eu já tive medo do escuro. Mas a partir do momento em que passei a pensar que, de luz acesa ou apagada, eu não tenho chance nenhuma de resistência contra o bicho papão, larguei dessas besteiras.

Vander disse...

Se me permite, vou comentar aqui ._.

Eu tenho medo de algumas pessoas, mas não a ponto de tremer.
[euacho]
Bom, sei que isso não etm nadaaver mas tudo bem. XD
Só percebi que volta e meia dou uma olhadinha em seu blog e NUNCA comento ><

Bjus =*