quarta-feira, 13 de fevereiro de 2008

às vezes acho que sou invejosa demais. Basta-me ver alguém escrevendo, ou produzindo algo para que eu também o queira fazer... Hoje, mesmo, tendo sido obrigada a utilizar um tempo de minhas férias para estudar, peguei meu livro de literatura e começei a - confesso - folheá-lo. Lia pequenas frases soltas dos assuntos que já estudei, relia alguns poemas... De repente passei alguns capítulos à frente do meu ex-segunda ano e deparei-me com um trecho um texto - que assumo não lembrar mais se em prosa ou em verso - que me chamou a atenção. O nome de homem logo abaixo dele ficou na cabeça, e vim atrás de mais textos dele. Caio Fernando Abreu. O cara tem um blog! Admiro essas coisas assim, modernas. Falar com um autor bacana de renome à um clique de distância. Gosto disso. Gosto sim.

E Para não dizerem que o começo do meu post não tem nada haver com nada, tenho que dizer que pesquisar textos dele, da Clarice Lispector, Luiz Fernando Veríssimo e Carlos Drummond de Andrade me deixou com uma baita vontade de produzir um texto bom.

Mas, hein, me diz, essa talvez é uma daquelas vontades que dá e passa?



[blog do Caio Fernando Abreu: http://semamorsoaloucura.blogspot.com/ ]

Um comentário:

Lola disse...

uhashasuhasuhasuh
sabe, eu não sei se jah te disse... mas eu gosto bastante do seu jeito de escrita.

gosto mesmo...
e...

cuidado com essa inveja, jah pensou se vc ver algo mais estranho e ter vontade tb.. aushaushuahs

brincadeira
bjo